segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Corra e garanta sua vaga na Corrida Pague Menos


É nessa quarta-feira (1º) que será dada a largada para a etapa Fortaleza do 8º Circuito de Corridas Farmácias Pague Menos, a famosa prova do superkitAs inscrições começam a partir das 9h (10h no horário de Brasília), e podem ser feitas somente pelo site www.paguemenos.com.br/circuitodecorridas. São 12 mil vagas para as  distâncias de 2 km, 5 km, 10 km e 21 km. A prova acontece no dia 7 de maio, com premiação total de R$ 19 mil.
E atenção. Os interessados podem cadastrar-se antecipadamente no site do Ticket Agora e agilizar o processo de inscrição. O custo da inscrição é de R$ 80 para as distâncias de 2 km, 5 km e 10 kmcom acréscimo de R$ 4,40 de taxa de comodidade e R$ 90, mais taxa de comodidade de R$ 4,95, para a distância de 21 km. Maiores de 60 anos têm direito a 50% de desconto, que sai automaticamente ao gerar o boleto para pagamento.
Na entrega dos kits, é preciso mostrar cópia do documento que comprove a condição de idoso. O kit será entregue no dia 5 e 6 de maio, no estande exclusivo do evento, que será montado no Aterro da Praia de Iracema.  Não serão entregues kits sem os documentos necessários. Não haverá entrega de kits no dia da corrida (7 de maio), nem posteriormente à sua realização.
A Corrida Pague Menos é uma das mais esperadas do calendário cearense e a que atrai o maior número de participantes. Motivos não faltam. O kit do corredor é recheado de brindes e atrai cada vez mais atletas. O percurso da prova ainda não foi definido oficialmente, mas desde dua criação tem sido realizado na orla de Fortaleza, com largada no Aterro da Praia de Iracema.
Uma dica. Corra para garantir a inscrição. A venda costuma durar poucas horas. No ano passado, em menos de duas horas  os kits haviam sido vendidos.

sábado, 28 de janeiro de 2017

No sobe e desce do Cumbuco


por Paulo Rogério
Jornalista e corredor

A temporada 2017 de corridas de rua começou, literalmente, com muitos altos e baixos. Quem abusou um pouco nas festas de fim de ano e foi encarar a Run for Music, disputada no último sábado (21), no Cumbuco, sofreu para terminar a prova. Contei até a sexta subida - e consequentemente a sexta descida. Tinham outras, mas a bela paisagem do local serviu para distrair e esquecer o cansaço. Mesmo para quem já conhecia o percurso, a prova de abertura do calendário veio para ficar e conseguiu misturar ingredientes importantes: desafio, contato com a natureza e um tremendo alto astral.

A largada reuniu os pouco mais de 300 corredores próximo ao portão de entrada do Café de La Musique perto do final de tarde. O Sol já estava meio fraquinho e o vento exibia toda sua força. Ótimo clima para se correr. Logo no primeiro quilômetro o batalhão daqueles que lutariam pelo pódio se distanciou dos demais. Duas grandes subidas logo no ínicio fizeram a diferença na pista com piso de bloquetes. Até chegar o asfalto, com menos de 1 km já havia gente andando. 


Uma certa confusão com os carros que voltavam do Cauípe e proximidades causou certo receio nos corredores até a descida de quase 300 metros até as Águas Cristalinas. No retorno, o que era descida virou subida e separou ainda mais o grupo. Dai em diante o caminho foi longo, passando por duas rotatórias e muitas subidas. Como a maioria dos participantes optou pelos 5,5 km, quem seguiu para os 11 km terminou ficando meio só o restante da prova. Entre aqueles que terminaram a corrida, apenas 99 disputaram os 11 k, sendo 20 mulheres.

Terminada a diversão de correr, os participantes tiveram ainda mais adrenalina. A festa de premiação contou com Dj´s o restante do sábado e piscina liberada para relaxar. Para aqueles que ainda tinham pernas, depois de tantas subidas e descidas, a música eletrônica ditou o ritmo da volta das corridas oficiais. 

Apesar de algumas falhas, como a falta de água gelada nos postos de hidratação, a ausência de sinalização da quilometragem e kit pós prova a desejar, a Run for Music conseguiu chegar com destaque no disputado calendário cearense. A fórmula está pronta. É só saber dosar direitinho.

Fotos: Ale Machado/Truke Midia