sexta-feira, 7 de abril de 2017

PÃO DE AÇÚCAR E NESCAU REALIZAM CIRCUITO DE CORRIDAS




Pelo segundo ano consecutivo, Pão de Açúcar e NESCAU® se uniram no maior circuito de corridas do Brasil para incentivar cada vez mais pessoas a praticar atividades físicas. Juntas, as duas marcas criaram o Circuito de Corridas Pão de Açúcar NESCAU®, que inclui as tradicionais Maratonas de Revezamento e as corridas Kids que acontecem anualmente em Fortaleza, Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

As informações das provas estão reunidas no site www.corridaspaodeacucarnescau.com.br, incluindo informações sobre as inscrições, valores, percursos, horários, locais das provas e retiradas de kits, tanto para participantes da corrida Kids, quanto da Maratona de Revezamento nas quatro cidades. As inscrições para as oito provas estão abertas desde 29 de março e é possível fazê-las no próprio site.

A novidade deste ano são os kits da Maratona de Revezamento, que trazem as 3 opções de kit, o Kit Básicocontendo camiseta, chip, número de peito, lata especial e sacola reutilizável; o Kit Plus com todos os itens mais uma viseira e o Kit Vip que traz ainda uma jaqueta. Após a prova, todos os participantes recebem frutas, isotônico e medalha. Aos atletas vencedores de todas as praças, o prêmio garante um vale compras.

 Já passaram pelas corridas da marca mais de 570 mil adultos e 80 mil crianças. “Mais uma vez o Pão de Açúcar incentiva a qualidade de vida, que engloba o esporte e alimentação saudável, valorizando o esporte e proporcionando experiência positiva a seus clientes. Pelo segundo ano consecutivo, contamos com a parceria de NESCAU®, marca que também investe em ações que estimulam a prática esportiva e uma vida equilibrada”, completa Damiano Sanna, Gerente de Marketing do Pão de Açúcar.

Reconhecida por ser a porta de entrada para muitos atletas iniciantes no atletismo, nas Maratonas de Revezamento, os atletas percorrem um total de 42 km, divididos de acordo com o número de integrantes da equipe – que pode ser de dois, quatro ou oito participantes. A Maratona de revezamento teve sua primeira edição em 1993 e é considerada a maior prova da América Latina e 6ª maior corrida de rua do mundo.

Já as Corridas Pão de Açúcar NESCAU® Kids foram ampliadas esse ano para crianças de 01 a 14 anos de idade. As crianças receberão kit contendo mochila exclusiva, camiseta, chip e número de peito e todos os participantes serão premiados com medalhas, tendo ainda a opção de kit VIP com boné para os pequenos e camiseta para o adulto que irá acompanhar a criança. O percurso da Corrida Pão de Açúcar NESCAU® Kids, de 50 a 400 metros, é dividido de acordo com a faixa-etária..

FORTALEZA

6ª Corrida Kids
Data: 08/07/2017
Local: Pista de Atletismo da Unifor - Av. Washington Soares, 1321 – Edson Queiroz
Horário: 08h
Valor do Kit Básico: Lotes a partir de R$ 49,99 até R$ 69,99.

16ª Maratona de Revezamento
Data: 09/07/2017
Local: Aterro da Praia de Iracema
Horário: 06h30
Valor do Kit Básico: Lotes a partir de R$ 59,99 até R$ 79,99.

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Hapvida +1K faz treino especial em alerta contra a depressão






Os corredores do Hapvida +1K realizam um treino especial neste sábado (8) para marcar o Dia Mundial da Saúde (7 de abril). Para este ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) escolheu o combate à depressão como tema para o dia. A ação, aberta a todos os públicos, vai ocorrer tanto no calçadão como nas areias do Aterro da Praia de Iracema.

Na ação haverá um treino diferenciado. Com três diferentes modalidades para a prática (iniciantes, intermediários e avançados) a proposta é um circuito de até 5km, alternando meio quilômetro de corrida no calçadão e meio quilômetro na areia. O objetivo, além do exercício, é mostrar como o esporte pode ajudar no combate a doenças, incluindo a depressão.

Segundo a psicóloga do Hapvida, Patrícia Satto, quando se pratica algum esporte, a atividade ativa um neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar. "Além disso, o esporte ajuda sim na interação social. As pessoas que estão ali tem algo em comum, e podem iniciar uma conversa, trocar experiência com base nisso, e a partir daí interagir socialmente, principalmente na corrida de rua, onde se corre acompanhado de outras pessoas. É um remédio excelente", afirma Satto. Haverá ainda aula de aeróbica e aquecimento livre abertos ao público. 

Hapvida +1K
O Hapvida +1K é a assessoria de corrida de rua oferecido de forma gratuita para quase 10 mil pessoas em cinco cidades no Norte/Nordeste (Fortaleza-CE, Belém-PA, Maceió-AL, Recife-PE e Salvador-BA) . Na capital cearense, pioneira do projeto, são 1.800 corredores beneficiados, com turmas pela manhã e noite, sempre com o acompanhamento de profissionais. Todos os praticantes têm o acompanhamento gratuito de profissionais de educação física para garantir melhor resultado e segurança na prática dos exercícios.

Em Fortaleza, os treinos diários ocorrem em seis pontos de encontro, distribuídos pela cidade:  Avenidas Beira Mar e Bezerra de Menezes, Aeroporto, Cambeba, Parque do Cocó e Lago Jacarey. A ideia é que cada pessoa comece do zero e chegue aos 5km de corrida, conquistando mais saúde e qualidade de vida. Mais informações: www.hapvida.com.br/mais1k.

Serviço:
Treino Especial pelo Dia Mundial da Saúde
Dia: 08/04 de 6h Às 8h30
Local: Aterro da Praia de Iracema (perto do Ideal)
Contato: Leonardo Heffer (ascom/vsm comunicação) - 9 9928.2693

sábado, 1 de abril de 2017

FORTALEZA FICA SEM SUA MEIA MARATONA


Cancelada oficialmente - como já havíamos alertado - a realização da 15° Meia Maratona de Fortaleza. Em comunicado aos atletas, a Mandacaru Adventure, empresa que organiza o evento há anos,  anunciou que, por falta de apoio do Estado e da Prefeitura, bem como das empresas privadas, a solução foi cancelar uma das provas mais tradicionais do atletismo cearense.

Uma pena o descaso da Prefeitura com o evento, o que já vinha acontecendo há anos. Digo da Prefeitura porque é uma data especial, dia do aniversário da 5 [ maior capital do Brasil e uma cidade onde se respira corrida de rua todo fim de semana.


Leia a nota oficial

Prezados Atletas e a quem interessar
A Mandacaru Adventure é uma promotora de eventos esportivos nacionais e internacionais há 21 anos no mercado prezando pelo profissionalismo e excelência nos seus eventos.
Apesar de todo o esforço empenhado pela direção da Mandacaru Adventure e pensando no bem estar dos atletas, corredores profissionais e amadores, brasileiros e estrangeiros, Assessorias Esportivas e seus respectivos atletas e professores, membros do Exército Brasileiro que comemoram seu aniversário juntamente com a prova há 14 anos, vimos por meio desta lamentar profundamente a não realização este ano da 15ª Meia Maratona Internacional de Fortaleza 2017, por falta de apoio dos Poderes Públicos e Privados, devido ao trágico momento político e econômico pelo qual o Brasil atravessa.
Sem mais para o momento, e diante de um profundo lamento e sentimento de tristeza pela não realização do evento que comemoraria o aniversário de 291 anos de Fortaleza e os 369 anos do Exército Brasileiro, renovamos votos de estima e consideração.
Atenciosamente,

A direção

Correr no asfalto ou em trilhas? Eis a questão!


Provas off-road têm crescido no Ceará e já contam com boas opções. Colunista mostra as diferenças de preparação para os dois tipos de solo da corrida de rua



Asfalto ou trilha? Essa é uma questão que muitos corredores se dividem na hora de apontar vantagens e desvantagens em cada tipo de solo. Piso duro ou macio. Infraestrutura total ou contato com natureza?

Enfim, mundos semelhantes e tão diferentes. A começar das consequências. Se os joelhos são poupados na terra fofa que amortecem o impacto - o que não acontece no asfalto - as articulações acabam sendo exigidas pelas irregularidades do piso e da mudança constante de velocidade e caminho.



No asfalto ainda dá para relaxar, olhar a paisagem em volta. Observar os prédios, monumentos. Os cuidados ficam apenas com um buraco aqui e acolá, uma tampa de esgoto mal encaixada, um "olho de gato" no meio do caminho ou, nestes tempos de chuva, a pintura escorregadia das faixas.

Nas trilhas, não. A atenção é total. Tem erosão, pedra, cascalho, muitos buracos, lama, galhos caídos, areia e por aí vai. Não há como comparar ainda o calor, a sensação térmica nos dois locais. Na trilha, a poeira corre solta. Os carros passam e levantam o poeiral. O suor se mistura com a areia e a sede é constante. Vento? Nem pensar.

No asfalto, fica aquele bafo quente. Se for à beira-mar ainda corre um ventinho, tem a sombra de um prédio. Mas também existem "aqueles malas" apressadinhos, que furam o bloqueio da prova e jogam o carro em cima dos corredores.


Desafiador

Correr no asfalto, nas provas grandes da cidade é muito bom. Corrida urbana é o nosso dia a dia. Mas correr em trilhas é diferente. Desafiador. Quem nunca participou de uma prova dessas, deve experimentar para poder sentir na pele essa diferença. E aí, ter a opção de escolher que tipo de corrida colocar no programa.

Em Fortaleza e em cidades próximas várias atividades fora do asfalto JÁ são realizadas. Uma opção que tem conquistado adeptos a cada ano. Antes, só havia a Caprius Cross, tradicional prova realizada nas dunas da Sabiaguaba. Hoje,  já há longões realizados por grupos e assessorias e provas que misturam os dois pisos.

Semana passada teve a Jeri Beach Run, disputada nas areias da Praia de Jericoacoara. A prova faz parte de um circuito de beach run que tem etapas em Canoa Quebrada, Mundaú e Jericoacoara. Em Maranguape, o distrito de Umarizeiras já é conhecido por realizar corridas misturando pisos rústicos e no asfalto. Aliás, haverá corrida lá dia 1º de maio. Fique atento.

Interessou-se em variar os terrenos?  Pode ser interessante em termos de motivação, de desafios. Confira no calendário as provas disponíveis e participe de uma. Vale a pena, vá por mim.

CURTAS

-  Recebi convite para participar do 2° Encontro de Blogueiros e Youtubers de Corrida de Rua, na véspera da Maratona do Rio, em junho. Ali estarão presentes outros especialistas, como a Roberta Binatti (Todo Mundo Corre), Bira (BiranaNet), Carolina Belo (Viajar Correndo), entre outros.

- Estou pra ver algo mais desatualizado do que o site da Federação Cearense de Atletismo. Estamos em março e nem sombra do calendário de 2017 das corridas de rua. E olha que o Permit para cada prova gira em torno de R$ 6 mil.

- Siga nos também no facebook /corridaderuanoceara e no blogdopaullorogerio.blogspot.com


É O MAXIMUS

Fortaleza recebeu no último fim de semana uma competição inédita: a Maximus Kids e Maximus Up. A primeira só para crianças. A outra, para adultos, teve um diferencial importante. Foi disputada de muita subida íngremes no percurso de 1.5 km. A prova foi no Porto das Dunas. 

Depois dela, vem ai a Maximus Race, uma corrida com 17 obstáculos. Os interessados já podem realizar as inscrições pela Internet, no site www.sympla.com.br

Veja as imagens





sexta-feira, 17 de março de 2017

Hapvida +1k realiza corrida de inclusão na Praia de Iracema


Mostrar que o esporte também é uma forma de incluir todas as pessoas. É com essa missão que os "Corredores do Bem” se reúnem neste sábado (18), pela inclusão social de pessoas com síndrome de Down.  O evento, organizado pela assessoria de corrida  Hapvida +1K, será realizado a partir das 6h, no Aterro da Praia de Iracema.
O treino especial conta com uma sessão de alongamentos em grupo, circuito de corrida de 5 km e aulão de zumba. O treino é aberto para todos os públicos. Grupos formados por parentes e pessoas com síndrome de Down foram convidados a participar do evento. Dentre as presenças confirmadas, está Thais Abranches e a sua filha Sofia, que tem síndrome de Down.
Thais relata que passou por um momento muito difícil ao saber que a filha, ainda bebê, possuía a síndrome. Porém, o conhecimento e a experiência ajudaram na superação.  “Foi um momento de muita angústia saber que minha filha teria síndrome de Down. Mas fui me informando e conversando com outras mães que passaram pelo mesmo e vi que ela pode ser igual a qualquer outra criança", conta.
O primeiro passo, segundo a mãe, foi começar a fazer fisioterapia desde cedo para estimular e antecipar a execução de certos movimentos. Meses depois, se iniciaram sessões com a fonoaudióloga para tratar da fala, processo que pode demorar de 4 a 5 anos. "Hoje eu entendo que ela e outras crianças na mesma condição podem fazer o que outras crianças típicas fazem, mas em um tempo próprio. Essa experiência me deu outro olhar sobre a vida”, relata.
De acordo com Simone Varella, diretora de Comunicação e Marketing do Hapvida, o objetivo desse evento é a inclusão social. Queremos que a sociedade receba sempre as pessoas com síndrome de Down da maneira mais completa, a fim de que elas alcancem a plenitude na vida. 
Benefícios da corrida
O Coordenador do Hapvida +1k em Fortaleza, João Tavares, também destaca que a corrida tem vários benefícios para o corpo e a mente. "Correr que é um esporte super democrático, fortalece o sistema imunológico e eleva a produção de células que atacam bactérias e vírus.", afirma.
ServiçoData do evento: 18/03/17
Horário: 06h às 08h
Fortaleza - Local: Aterro da Praia de Iracema, próximo ao Ideal Clube.

quarta-feira, 15 de março de 2017

Maximus Up reúne gladiadores dia 26



Uma prova para poucos. Assim promete ser a Maximus Up, no dia 26 de março. Não será uma simples corrida, mas um grande desafio para os atletas. A disputa terá categoria única e estarão em um circuito de 1,5 km com poucos locais planos e muita subida. 

Os gladiadores participantes da Maximus Up devem se apresentar ao pessoal do Staff da prova as 5h30 da manhã, no Porto da Aldeia (Porto das Dunas) para embarque nos ônibus que os levarão ao local da prova. O horário de largada será às 7h30, sob qualquer condição climática. Toda a estrutura está sendo mantida em sigilo para garantir a supresa aos inscritos. 

No dia anterior, dia 25, será a vez das crianças. É a Maximus Kids, a partir das 7h30, também no Porto da Aldeia (Porto das Dunas). As inscrições podem ser feitas através do site www.sympla.com.br/maximus ,  com o limite de 1000 crianças, entre 2 e 12 anos de idade. Todos os atletas receberão um kit de participação da Maximus Kids e estarão prontos para uma aventura jamais vista e vivenciada por eles.

A prova será em baterias, divididas por idades: 2 e 4 anos, 5 e 7 anos, 8 e 9 anos, e 10 a 12 anos. Mas além de ser um evento voltado para o esporte, a Maximus Kids também é uma ação de inclusão social, por meio da participação de instituições que cuidam de crianças carentes e crianças especiais.  Para esse público as inscrições serão gratuitas e em todos os casos serão respeitados os limites de cada um.

Os interessados já podem realizar as inscrições pela Internet, no site www.sympla.com.br até o dia 20 de março de 2017.