quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

"Corredores do bem" se reúnem contra o Câncer na Infância



Os "corredores do bem" de diversos bairros de Fortaleza estarão reunidos, amanhã, no aterro da Praia de Iracema, pelo Dia Internacional da Luta Contra o Câncer Infantil, celebrado no dia 15 de fevereiro. A partir das 6h, os participantes do projeto de assessoria de corrida gratuita, Hapvida +1K, farão um treino especial que inclui aulão de ritmos carnavalescos, circuito funcional e orientação nutricional. 

Além dos exercícios físicos, os participantes do +1K levarão marchinhas de carnaval de autoria própria e, acompanhados por uma banda, vão se apresentar no dia. Segundo a organização do evento, a ideia é aproveitar o clima festivo para conscientizar e combater o câncer na infância de uma forma alegre. O treinamento e suas atrações são abertos ao público.

O Dia Internacional Contra o Câncer na Infância é uma iniciativa para promover e conscientizar sobre o diagnóstico precoce da doença. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer, em média 80% das crianças e adolescentes com a doença podem ser curados se diagnosticados e tratados precocemente em centros especializados. Dados da sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica apontam que o câncer infantil é, atualmente, a segunda causa de morte na faixa etária entre 1 e 19 anos. 

Primeiro ano do +1K em Fortaleza
O treino deste sábado será ainda mais especial porque o projeto de assessoria de corrida gratuita, Hapvida +1k, completa um ano de atuação em Fortaleza neste mês. Idealizado e patrocinado pelo Hapvida, o projeto foi expandido para outras quatro cidades do Norte/Nordeste e já conta com mais de 10 mil corredores. Além de da capital cearense, é realizado em Belém-PA, Maceió-AL, Recife-PE e Salvador-BA. 

Em Fortaleza, são 1.800 corredores, com turmas pela manhã e noite, sempre com o acompanhamento de profissionais. Todos os praticantes têm o acompanhamento gratuito de profissionais de educação física para garantir melhor resultado e segurança na prática dos exercícios.

Em Fortaleza, os treinos diários ocorrem em seis pontos de encontro, distribuídos pela cidade:  Avenidas Beira Mar e Bezerra de Menezes, Aeroporto, Cambeba, Parque do Cocó e Lago Jacarey. A ideia é que cada pessoa comece do zero e chegue aos 5km de corrida, conquistando mais saúde e qualidade de vida. Mais informações: www.hapvida.com.br/mais1k.

Benefícios da corrida
Correr fortalece o sistema imunológico e eleva a produção de células que atacam bactérias e vírus. O trabalho dessas células também é mais eficaz no momento em que o corpo está em atividade, quando elas circulam mais depressa pelo organismo. Há mais ligações de receptores de endorfina, um analgésico natural, em quem corre do que em praticantes de outras atividades físicas. Sem contar que o fato de conseguir evoluir um pouquinho a cada dia faz muito bem para a autoconfiança.

Sobre o Hapvida 
Com 3,3 milhões de beneficiários, o Hapvida hoje se posiciona como a maior operadora de saúde do Norte e Nordeste. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente, são mais de 15 mil colaboradores diretos envolvidos na operação de 21 hospitais, 71 clínicas médicas, 18 unidades de prontos atendimentos, 66 unidades de diagnóstico por imagem e 58 postos de coleta laboratorial distribuídos em 11 estados onde a operadora atua com rede própria.

Serviço
Data: 11/2/17
Horário: 6h às 8h

Fortaleza - Local: Aterro da Praia de Iracema, próximo ao Ideal Clube.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Corra e garanta sua vaga na Corrida Pague Menos


É nessa quarta-feira (1º) que será dada a largada para a etapa Fortaleza do 8º Circuito de Corridas Farmácias Pague Menos, a famosa prova do superkitAs inscrições começam a partir das 9h (10h no horário de Brasília), e podem ser feitas somente pelo site www.paguemenos.com.br/circuitodecorridas. São 12 mil vagas para as  distâncias de 2 km, 5 km, 10 km e 21 km. A prova acontece no dia 7 de maio, com premiação total de R$ 19 mil.
E atenção. Os interessados podem cadastrar-se antecipadamente no site do Ticket Agora e agilizar o processo de inscrição. O custo da inscrição é de R$ 80 para as distâncias de 2 km, 5 km e 10 kmcom acréscimo de R$ 4,40 de taxa de comodidade e R$ 90, mais taxa de comodidade de R$ 4,95, para a distância de 21 km. Maiores de 60 anos têm direito a 50% de desconto, que sai automaticamente ao gerar o boleto para pagamento.
Na entrega dos kits, é preciso mostrar cópia do documento que comprove a condição de idoso. O kit será entregue no dia 5 e 6 de maio, no estande exclusivo do evento, que será montado no Aterro da Praia de Iracema.  Não serão entregues kits sem os documentos necessários. Não haverá entrega de kits no dia da corrida (7 de maio), nem posteriormente à sua realização.
A Corrida Pague Menos é uma das mais esperadas do calendário cearense e a que atrai o maior número de participantes. Motivos não faltam. O kit do corredor é recheado de brindes e atrai cada vez mais atletas. O percurso da prova ainda não foi definido oficialmente, mas desde dua criação tem sido realizado na orla de Fortaleza, com largada no Aterro da Praia de Iracema.
Uma dica. Corra para garantir a inscrição. A venda costuma durar poucas horas. No ano passado, em menos de duas horas  os kits haviam sido vendidos.

sábado, 28 de janeiro de 2017

No sobe e desce do Cumbuco


por Paulo Rogério
Jornalista e corredor

A temporada 2017 de corridas de rua começou, literalmente, com muitos altos e baixos. Quem abusou um pouco nas festas de fim de ano e foi encarar a Run for Music, disputada no último sábado (21), no Cumbuco, sofreu para terminar a prova. Contei até a sexta subida - e consequentemente a sexta descida. Tinham outras, mas a bela paisagem do local serviu para distrair e esquecer o cansaço. Mesmo para quem já conhecia o percurso, a prova de abertura do calendário veio para ficar e conseguiu misturar ingredientes importantes: desafio, contato com a natureza e um tremendo alto astral.

A largada reuniu os pouco mais de 300 corredores próximo ao portão de entrada do Café de La Musique perto do final de tarde. O Sol já estava meio fraquinho e o vento exibia toda sua força. Ótimo clima para se correr. Logo no primeiro quilômetro o batalhão daqueles que lutariam pelo pódio se distanciou dos demais. Duas grandes subidas logo no ínicio fizeram a diferença na pista com piso de bloquetes. Até chegar o asfalto, com menos de 1 km já havia gente andando. 


Uma certa confusão com os carros que voltavam do Cauípe e proximidades causou certo receio nos corredores até a descida de quase 300 metros até as Águas Cristalinas. No retorno, o que era descida virou subida e separou ainda mais o grupo. Dai em diante o caminho foi longo, passando por duas rotatórias e muitas subidas. Como a maioria dos participantes optou pelos 5,5 km, quem seguiu para os 11 km terminou ficando meio só o restante da prova. Entre aqueles que terminaram a corrida, apenas 99 disputaram os 11 k, sendo 20 mulheres.

Terminada a diversão de correr, os participantes tiveram ainda mais adrenalina. A festa de premiação contou com Dj´s o restante do sábado e piscina liberada para relaxar. Para aqueles que ainda tinham pernas, depois de tantas subidas e descidas, a música eletrônica ditou o ritmo da volta das corridas oficiais. 

Apesar de algumas falhas, como a falta de água gelada nos postos de hidratação, a ausência de sinalização da quilometragem e kit pós prova a desejar, a Run for Music conseguiu chegar com destaque no disputado calendário cearense. A fórmula está pronta. É só saber dosar direitinho.

Fotos: Ale Machado/Truke Midia

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Canoa Beach Run entre as melhores da temporada 2016



Passear em Canoa Quebrada é bom demais- o que não é novidade alguma. Mas que tal passear e ainda disputar uma prova que passa por um dos cartões postais mais bonitos do mundo. Assim foi a segunda edição do Canoa Beach Run, a corrida mais diferente e atrativa da temporada 2016 do calendário cearense. E que veio para ficar.
O evento reuniu mais de 500 pessoas durante o fim de semana – 18 e 19 de novembro. Se você perdeu, anote na agenda e garanta a presença em 2017. A experiência é única. E o melhor para todo corredor: desafiadora.
A largada não poderia ser melhor. Na beira da praia, com o sol fraquinho do fim de tarde e aquela brisa gostosa. Dá vontade mesmo é puxar uma mesa e a cadeirinha, sentar e beber - aqueles que gostam - uma cervejinha bem gelada. Mas, logo os banners espalhados no local lembram que estamos em uma beach run. Então, nada de beer, por enquanto. É só run!
Nos primeiros metros já dá para sentir que a coisa não será fácil. Vencer a areia fofa da beira da praia exige esforço redobrado. Era pisar e o pé afundar. Foram três km ziguezagueando em busca de trechos mais duros e desviando dos copinhos plásticos jogados por alguns corredores sem noção do que é meio ambiente.
Parei de reclamar do sofrimento quando vi um cadeirante disputando a prova. Acredite, um cadeirante em uma prova na areia. Que força de vontade! Que corrida era esta!



Espanto e estímulo
Saindo da beira da praia - e da areia fofa - entramos na cidade. O piso agora passou a ser o cascalho, os paralelepípedos e a piçarra. No caminho, as pessoas se entreolhavam, faziam cara de pouco entender o que era aquele povo correndo. Outros batiam palmas, alguns soltavam aquelas velhas piadinhas que todo corredor já ouviu. Tipo: tá com pressa, onde vai, doido?

Enquanto a badalada Rua Broadway ainda  começava a se preparar para a noite, os corredores invadiram o calçadão. Uns mais rápidos, outros já cansados da batalha com a areia quilômetros atrás.
Para quem teve mais juízo, a visão do alto das falésias era o sinal de que os cinco km previstos estavam pertos de serem vencidos. Era só descer para o abraço. Para quem ousou os 10km, ainda havia surpresas pelo caminho.
Uma delas veio no km 6. A partir dali entramos na antiga Vila dos Pescadores. E com ela areia, areia e areia. Carro, só aqueles com tração nas quatro rodas. O bom neste trecho foi a participação popular. Na frente das casas, a população aplaudia e incentivava. Era o energético que todos precisavam.
Desafio vencido
Percorremos as falésias até onde elas acabavam, longe dos olhos do turistas. A carcaça de uma canoa foi o ponto do retorno. E lá estávamos nós, de volta à beira da praia. E com ela mais areia. Agora com um cenário mais movimentado. Tinha o visual dos parapentes, das barracas e das três estrelas com lua esculpidas nas falésias - sempre pensei que era uma. Prazer!
Depois de 1h e 17 minutos, finalmente avisto a linha de chegada. Hora do sprint. Desafio vencido. Agora era saborear a cerveja oferecida no kit de inscrição e curtir a festa com show ao vivo e animação em um incrível alto astral.
Energia que promete se repetir com as provas do Circuito Brasil Beach 2017. A próxima corrida será em Jericoacoara, dias 17 a 19 de março. Depois vem a Praia de Pipa, em maio, Mundaú e novamente em Canoa, garantiu Ricardo Ramalho da RR Soluções, promotor do evento. Na página @beachrunbrasil você acompanha as imagens do que foi esse “desafio” chamado Canoa Beach Run.

Fotos: Tavares Junior/Divulgação

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Maceió abre Circuito Sesi. Domingo será em Fortaleza



As belezas da praia de Pajuçara foram um incentivo a mais aos participantes da Etapa Maceió do Circuito Sesi 10 km, que ocorreu neste domingo (04), na capital alagoana. O evento reuniu atletas de todos estados da federação e contou com mais de dois mil inscritos, entre eles, mil trabalhadores da indústria alagoana.  Para Eduardo Andrade, coordenador de Esportes do SESI Alagoas, o evento vem para estimular mais a qualidade de vida do trabalhador e volta para o calendário de corrida de rua, trazendo os principais nomes das corridas de ruas não somente do Nordeste, mas de todo o país.
O primeiro colocado na categoria dos 10 km masculino foi o pernambucano José Márcio Leão.  O atleta é considerado o melhor corredor de rua em Pernambuco e o quarto entre os corredores brasileiros. “Agradeço primeiramente a Deus e a família pelo incentivo que recebi para essa competição. Nessa fiz uma marca melhor e pretendo me superar ainda mais nas próximas corridas, tão bem organizadas como essa”, disse ele.
As mulheres conquistaram marcas importantes, como a paraibana Mary Emanuella da Costa que terminou a prova dos 10 km com um tempo de 36 minutos e levou para casa o troféu de 1º lugar. Para ela, essa competição é muito importante para todos os atletas de corrida de rua, tendo em vista que alguns não contam com apoio de patrocinadores e com a premiação em dinheiro ajuda o corredor a continuar a praticar a atividade.
Já na categoria de 5 km, o primeiro lugar masculino ficou com o alagoano Ekson Bruno Rosalvo, que comemorou muito o a premiação e também o seu tempo de prova de 17 minutos. “Corro há alguns anos aqui em Alagoas e é muito importante ver essa premiação em várias categorias, principalmente para o industriário”, elogiou o campeão dos 5 km masculino.

Antes de iniciar a prova, os atletas participaram de uma aula de alongamento com professores do SESI, considerado um dos pontos altos da organização que garantiu ainda área para massagens, guarda-volumes, premiação, distribuição de chips de controle e kits da corrida, além de café da manhã e lanche balanceado para os participantes.
A próxima etapa do Circuito SESI ocorrerá em Fortaleza no próximo domingo, 11 de dezembro. Depois será a vez de Recife, dia 18 de dezembro. O Circuito SESI é uma realização do SESI em parceria com as federações de atletismo dos estados de Alagoas, Ceará e Pernambuco, responsáveis técnicos pelas provas.
Os vencedores
10 KM masculino1º José Márcio Leão da Silva
2º Justino Pedro da Silva
3º Daniel Henrique Alves
10KM feminino1º Mary Emanuella da Costa Oliveira
2º Edielza Alvez dos Santos
3º Rebeca Rodrigues Costa

5km masculino1º Ekson Bruno Rosalvo de Souza
2º Genivaldo Matias de Souza
3º José Francisco Alves dos Santos
5km feminino1º Maria Silvania Ferreira
2º Carla Azevedo dos Santos
3º Maria de Fátima Mendonça Trindade
5km feminino - Industrial1º Rosilda Feijó de Almeida
2º Josefa Francisca de Paula
3º Ione Maria de Almeida Melo da Rocha
5km masculino - Industrial1ª Jones Viana de Lima
2º Romoaldo Teixeira dos Santos
3º Luziano Carlos da Silva

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Corrida pelo Novembro Azul




No ritmo de conscientização da campanha Novembro Azul, o Hapvida realiza, neste sábado (19), no Aterro da Praia de Iracema, a partir das 6h, o treino especial do Hapvida +1K. Além das atividades físicas, como caminhada e corrida, o dia contará com aulão de combate à doença, Cross Run – Circuito Funcional e ações educativas sobre prevenção e cuidados com relação à doença, com a presença de um enfermeiro para tirar dúvidas.
O programa é aberto a todos que tenham interesse em se exercitar por meio da prática esportiva. “Trabalhar a saúde de forma construtiva e preventiva é uma marca da nossa operadora. Entendemos que precisamos levar a saúde para a população como um todo”, ressalta a diretora de Comunicação e Marketing do Hapvida, Simone Varella.
O Hapvida +1K oferece gratuitamente treinos para corrida e caminhada, em diferentes polos de Fortaleza: Aeroporto, Beira Mar, Bezerra de Menezes, Cambeba, Parque do Cocó e Lago Jacarey. O programa abriu no início do ano 1,8 mil vagas, preenchidas em menos de 24 horas após o anúncio. Quem quiser participar pode se inscrever no cadastro de reserva, no endereço www.hapvida.com.br/mais1k.
CÂNCER DE PRÓSTATA
Este câncer atinge uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. A próstata é um órgão muito pequeno, tem a forma de maçã e se situa logo abaixo da bexiga e à frente do reto. Ela envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada.
SOBRE O HAPVIDA
Com mais de 3,3 milhões de beneficiários, o Hapvida é a maior operadora do Norte e Nordeste em número de clientes. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e constantes investimentos: são 17 mil colaboradores diretos envolvidos na operação de 20 hospitais, 70 clínicas médicas, 17 prontos atendimentos, 63 centros de diagnóstico por imagem e 57 laboratórios com diversos postos de coleta distribuídos nos 11 estados onde a operadora atua com rede própria.
Serviço
Treino do Hapvida +1K – Novembro Azul
Dia 19 de novembro (sábado)
Loca: Aterro da Praia de Iracema
Horário: a partir das 6h
Acesso gratuito

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Circuito Sesc: atenção para inscrições



Ainda esta semana serão abertas as inscrições para a etapa Fortaleza do Circuito de Corridas e Caminhada Sesc.  É verdade que a prova não é um primor de organização – como se vê na própria inscrição, marcada inicialmente para começar no domingo. Mas é uma competição tradicional, baratinha e que apresenta um circuito diferente – zona oeste – dos já manjados trajetos.
O preço da inscrição é de R$ 10 + 2kg de alimentos não perecíveis para comerciários e R$ 20 + 2kg de alimentos não perecíveis para não comerciários.  Cadeirante e pessoas à partir de 60 anos o custo é só a doação de 2 kg de alimentos.  A entrega dos alimentos  será feita durante a retirada dos kits, no sábado (24/11), das 8h às 18h.
Para garantir a vaga é so clicar em http://sistemas.sesc-ce.com.br/SESCCORRIDA.Informações podem ser obtidas pelo fone (85) 3452.9075. Acesse o regulamento no link:  http://www.sesc-ce.com.br/images/sesc2015_10/2015_10_30_regulamento_circuito_corrida.pdf